Aproximação entre Educação Física e Fonoaudiologia: um relato de experiência interdisciplinar

  • Jelson Budal Schmidt Faculdade Ielusc
  • Daniela Damato Scaini
  • Juliana Achôa
Palavras-chave: Interdisciplinariedade. Fonoaudiologia. Educação Física.

Resumo

Dentre os diversos recursos que os profissionais de Educação Física, seja ele bacharel ou licenciado, utilizam um dos mais importantes e que merece atenção especial, certamente, é a voz. Seja em academias, clubes, campo, quadras ou escolas, a orientação deste profissional para os participantes de suas atividades é por meio da oralização, sendo complementada pela demonstração. Grande parte das vezes estes profissionais não recebem orientação sobre cuidados com este instrumento de trabalho e desta maneira acabam por ocorrer lesões que poderiam ser evitadas caso fosse realizada a devida orientação. Ao nos depararmos com os cursos de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física e o curso de Fonoaudiologia na Faculdade Ielusc, percebeu-se que poderíamos realizar atividades que proporcionariam ganhos para ambos os cursos, promovendo a disseminação de conhecimento e melhora da qualidade de vida das pessoas que utilizam a voz como ferramenta de trabalho. A ideia surgiu por parte dos professores de ambos os cursos e em reuniões previamente agendadas foram definidas datas e horários para concretização da atividade. A palestra é acompanhada por professores dos cursos envolvidos, mas ministrada por acadêmicas do curso de Fonoaudiologia aos estudantes de Educação Física – licenciatura e bacharelado. Dentre os assuntos abordados estão: cuidados com a voz – exercícios de aquecimento e desaquecimento, identificação do jovem que é respirador oral e o quanto isto pode afetar seu desenvolvimento escolar, desmistificação de conceitos do senso comum sobre Fonoaudiologia como a ingestão de maçã, exercícios possíveis para preparação vocal e demais demandas que surgiram durante a conversa. Com o intuito de deixar a atividade acolhedora foram feitos cartões com frases relacionadas a voz e os estudantes opinavam se estas eram verdadeiras ou falsas se justificando, em seguida a resposta era fornecida com a devida explicação, o que deixou a atividade agradável e dinâmica. Na oportunidade foi divulgada a Clínica Escola de Fonoaudiologia sobre suas atividades e horários de atendimento. Para o curso de Fonoaudiologia serve como base para as demais atividades que integram o curso, pois como parte integrante da profissão está o atendimento ao paciente, que pode ser experimentado previamente nestas situações. Para os futuros profissionais e professores de Educação Física foi importante por conhecerem os cuidados possíveis com a voz bem como identificar em seus praticantes indícios que podem ser orientados e encaminhados ao Fonoaudiólogo. Identificou-se que o campo de conhecimento da Fonoaudiologia é amplo, mas as perguntas que mais surgiram dos participantes foram relativamente simples, o que nos leva a acreditar que há um caminho a ser percorrido, principalmente no que se refere a disseminação dos saberes fonológicos, desde o que faz este profissional até intervenções específicas como a fonoterapia e suas diversas áreas de atuação. A partir destas experiências surgem demais ideias a fim de expandir esta atividade para os demais cursos da instituição, promovendo orientação à comunidade acadêmica e em breve à comunidade externa.

Publicado
2019-06-26